Logomarca Viva Fisioterapia
Hoje é Domingo, 21 de Outubro de 2018

Fisioterapia

Fisioterapia em Reumatologia

Alivio da dor, recuperação dos movimentos, aumento da força muscular e da flexibilidade e retorno do bem estar nas atividades funcionais. Esses são alguns dos objetivos da Fisioterapia Reumatológica que consiste no tratamento
de patologias crônico-degenerativas, tais como: artrite reumatóide, artrose, osteoporose, osteoartrose, dentre outras que acometem os tecidos conjuntivos.

A maioria das doenças reumatológicas gera algumas incapacidades e a Fisioterapia Reumatológica visa prevenir a instalação de deformidades, além de evitar a progressão de deformidades já existentes e melhorar os movimentos de pacientes com problemas nas articulações, músculos, ligamentos e tendões. O programa de fisioterapia é definido de acordo com as necessidades do paciente e baseia-se em uma avaliação que deve ser iniciada ainda no período agudo da doença para que haja uma maior chance de melhora e de manutenção desta recuperação.

Fisioterapia em Obstetrícia

A Fisioterapia em Obstetrícia atua no período pré e pós-parto com exercícios terapêuticos moderados que melhoram a flexibilidade e a resistência da mulher para que ela consiga ajustar-se às mudanças físicas e enfrentar todas as etapas da gravidez.

A Fisioterapia Obstétrica traz ainda melhora dos desconfortos gerados por algumas alterações comuns durante a gravidez e possibilita uma recuperação mais curta para a mulher. Favorecendo um retorno às atividades cotidianas e trabalhistas mais rapidamente. Além de utilizar técnicas de relaxamento, respiração e posicionamento que ajudam a preparar a mulher para o parto.

Fisioterapia do Trabalho

É cada vez maior o número de casos de doenças ocupacionais como a LER (Lesões Pós-Reforço Repetitivos) que acabam impossibilitado ou afastando as pessoas de suas tarefas no trabalho, no lar e até mesmo no lazer. A Fisioterapia do Trabalho desenvolve programas que visam o tratamento e a prevenção dos distúrbios articulares e musculares relacionados com o trabalho.

As orientações e tratamentos da fisioterapia trarão uma melhor qualidade de vida para o trabalhador o que consequentemente refletirá no aumento do seu desempenho no ambiente de trabalho.

Dentre os tratamentos que podem ser implementados estão programas, como ginástica laboral e de pausa, que visam desenvolver uma maior consciência corporal e postural, gerando um bem estar físico e emocional no ambiente de trabalho. Osteopatia, RPG original e Pilates fisioterapêutico também fazem parte do tratamento e da prevenção de lesões.

A Fisioterapia do Trabalho ainda analisa o ambiente do trabalhador para identificar fatores de riscos a saúde e propor medidas corretivas e preventivas.

Fisioterapia Desportiva

Pessoas que praticam esportes estão suscetíveis a lesões e para evitá- las e recuperá-las existe a fisioterapia desportiva que atua na prevenção, planejamento, implantação, coordenação e supervisão de programas destinados à recuperação funcional de atletas amadores e profissionais.

A Fisioterapia desportiva orienta o atleta e os praticantes de atividades físicas quanto aos possíveis desequilíbrios musculares presentes e o desempenho biomecânico em cada modalidade esportiva e assim trabalha o fortalecimento das regiões mais susceptíveis a lesões. Além de atuar na reabilitação de lesões músculo-esqueléticas e também na pós-cirurgia para colocar o atleta de volta à prática esportiva o mais rápido possível sem riscos de haver o reaparecimento da lesão.

Atualmente, a Osteopatia, a RPG original e o Pilates fisioterapêutico vêm sendo utilizados por atletas de alta performance para potencializar seus gestos motores e evitar e tratar as patologias.

Fisioterapia Neuromuscular

As doenças neuromusculares afetam todas as etapas da vida humana, desde a infância até a velhice em ambos os sexos, e representam um dos problemas mais difíceis para o fisioterapeuta já que não possuem cura, mas precisam de constante acompanhamento para restaurar a qualidade de vida dos pacientes.

Existem algumas doenças neuromusculares mais comuns como a Distrofias Musculares, Amiotrofias Espinhais, Esclerose Amiotrófica, Charcot Marie, Neuropatias, Miastenias, além das Mitocondriais (mais raras), entre outras. E o tratamento realizado pelo fisioterapeuta deve prevenir as incapacidades como a deformidade e a falta de mobilidade para que a função seja potencializada ao máximo.




Viva Fisioterapia
Desenvolvido por IGNITI